Confira as dicas de Receitas Nestlé de Alimentos que aumentam a imunidade

Alimentos que aumentam a imunidade

Uma alimentação equilibrada é essencial para o fortalecimento do sistema imunológico, ajudando a prevenir doenças causadas por vírus e bactérias. Mas como viver isso no cotidiano? Confira as dicas de alimentos que ajudam a imunidade e descubra como planejar uma rotina alimentar.

publicado em: 15/06/2020
  • Alimentos que fortalecem o sistema imunológico

    O corpo precisa de nutrientes que auxiliem na manutenção e fortalecimento das células do sistema imune, contribuindo para o melhor desempenho das funções metabólicas e imunológicas. Assim, o organismo fica mais forte para resistir a infecções provocadas por bactérias, vírus e fungos.

    O ideal é montar um “prato colorido”, ou seja, fazer refeições que tenham variedade alimentar: verduras, legumes, frutas, oleaginosas, entre outros. A diversidade de cores proporciona uma gama maior de nutrientes - o que favorece a manutenção da saúde. Listamos alguns alimentos que são verdadeiros aliados do sistema imunológico. Veja a seguir o que pode melhorar a sua dieta 1 2 :

    ● Frutas cítricas:
    São ricas em vitamina C, que possui propriedades antioxidantes, ajudando a proteger as nossas células de defesa . Também, auxilia na função, sinalização e proliferação de células do sistema imune. Alguns exemplos: Laranja, limão, mexerica, abacaxi, maracujá e kiwi.

    ● Verduras verde-escuras:
    São fontes de princípios ativos (antioxidantes, minerais, vitaminas e fibra) que contribuem para a prevenção de alergias e infecções, além de proporcionar outros benefícios à saúde, como auxílio na redução dos danos à pele, diminuição do colesterol e melhora da pressão arterial. Alguns exemplos: brócolis, espinafre, couve, rúcula, alface, agrião. *Recomenda-se consumi-los cru para não perder nutrientes. Caso precise cozinhar, fazer a vapor.

    ● Hortaliças tuberosas:
    São aquelas cuja parte comestível se desenvolve dentro do solo, como inhame, cenoura e batata. Dentro dessa categoria, os principais agentes aliados do sistema imunológico são o alho e a cebola. O primeiro possui alicina (princípio ativo com alto nível de antioxidante que ajuda a fortalecer a imunidade). O segundo possui selênio, nutriente anti-inflamatório. *O ideal é consumi-los cru para conservar as propriedades, um exemplo é usá-los na salada. Outra opção é o gengibre, por ter forte ação bactericida.

    ● Laticínios:
    Leite e derivados são fontes de zinco, importante nutriente para auxiliar na prevenção de infecções. Um dos principais alimentos é o Iogurte - priorizar a versão natural, feita apenas com leite e fermento lácteo - por ser fonte de micro-organismos que ajudam a balancear a flora intestinal. Isso contribui para combater infecções e bactérias. Também é fonte de cálcio e vitamina D.

    ● Amarelos e alaranjados - legumes, frutas e outros alimentos:
    Possuem betacaroteno, com função antioxidante, e vitamina D, nutrientes fundamentais para o bem-estar do corpo e ao sistema imunológico. Entre eles, manga, milho, mamão, geme de ovo, abóbora, pimentão amarelo. Destaque para o mamão papaia por ter vitamina C, potássio, magnésio e folato - nutrientes importantes para a manutenção da saúde. Também possui enzimas digestivas (papaína) com ação anti-inflamatória.

    ● Carnes vermelhas e brancas:
    Fonte de zinco, mineral importante para o aumento da imunidade, auxiliando células de defesa. Carnes vermelhas possuem maior concentração de zinco, no entanto são mais gordurosas. Procure balancear com carne branca - aves, peixes e frutos do mar. Os peixes são fontes de ômega 3 (gordura boa que auxilia a regular células imunológicas) e vitamina D. Alguns exemplos: salmão, atum e sardinha.

    ● Leguminosas e oleaginosas:
    Fonte de magnésio, nutriente que contribui para fortalecer a resposta imune do organismo. Leguminosas (feijão, lentilha, grão-de-bico), oleaginosas (amêndoas, castanhas, nozes). Vale destacar a castanha-do-pará por ser fonte de selênio, antioxidante que ajuda a melhorar as funções metabólicas e imunológicas.

    ● Cogumelos:
    Também são boas opções de selênio e fonte de proteína, vitamina D, minerais e fibra. Alguns exemplos: shiitake, shimeji, champignon.

    Para saber mais sobre a relação entre nutrição e imunidade, acesse esse artigo da relação entre nutrição e imunidade .



  • Como manter uma alimentação saudável

    O segredo é o equilíbrio no consumo dos alimentos, compondo uma dieta equilibrada. Dessa maneira, você garante maior diversidade de nutrientes e de vitaminas que contribuem para o equilíbrio nutricional - isso favorece a manutenção e fortalecimento das células do sistema imune e, por consequência, o fortalecimento da defesa do organismo contra vírus e bactérias. Em suma:

    ● Diversificar o prato com legumes, verduras, grãos, sementes, frutas e carnes;

    ● Hidratar-se constantemente com água e sucos naturais;

    ● Alimentar-se conforme sentir fome, tentando fazer em média cinco refeições por dia, em porções que saciem sua fome, de maneira equilibrada.


  • Planejar para comer bem

    Fazer um planejamento facilita a rotina alimentar. São ações simples, porém fundamentais para manter uma alimentação adequada e saudável:

    1. listar o que precisa comprar antes de ir ao mercado ou feira;
    2. planejar as refeições da semana; estabelecer horários para as principais refeições;
    3. preparar os alimentos com certa antecedência e armazená-los adequadamente na geladeira.

    Com equilíbrio e planejamento é possível ter uma alimentação mais saudável no dia a dia.

    Aproveite e navegue pelo nosso site para descobrir receitas deliciosas. E para mais dicas sobre uma rotina equilibrada em casa, acesse nosso e-book .