Carne vermelha e carne branca: qual é a melhor?

Carne vermelha e carne branca: qual é a melhor?

Quem busca por um estilo de vida saudável pode se deparar com uma dúvida: carne vermelha e carne branca, qual será que é a melhor?

Spoiler: não existe uma resposta certa - cada tipo de proteína animal conta com seus próprios benefícios!

Antes de apresentar os principais benefícios entre os dois tipos, é importante dizer que a carne é uma excelente fonte de proteína e vitaminas, sendo muito importante para uma alimentação saudável e balanceada - embora sua presença na alimentação não seja obrigatória para que a dieta seja saudável.

Mas na hora de fazer as escolhas no mercado para o mês, considerar as diferenças entre as carnes vermelha e branca ajuda a distribuir melhor o consumo de gordura saturada e fazer opções mais saudáveis.

A seguir, saiba mais sobre as principais diferenças entre a carne vermelha e a carne branca e entenda como balancear o consumo de ambas as proteínas na sua rotina alimentar!

O que é carne branca?

Como a própria nomenclatura já diz, a carne branca é derivada dos animais de carne branca, que apresentam baixa concentração de mioglobina. Alguns dos exemplos mais comuns são os frangos, peru e peixes.

Cadastro

O que é carne vermelha?

De forma geral, podemos dizer que os animais de quatro patas representam a categoria de carnes vermelhas. Uma rara exceção à regra é o avestruz, que apesar de ser uma ave, tem características de carne vermelha de acordo com a Organização Mundial da Saúde.

Essa diferenciação entre carne vermelha e carne branca se deve à diferença de concentração de mioglobina, que dá a coloração avermelhada ao organismo do animal, com uma maior incidência nos tipos de carne vermelha.

Alguns exemplos são:

  • Vaca;
  • Porco;
  • Cordeiro;
  • Carneiro;
  • Embutidos.

Diferenças entre carne branca e carne vermelha

Todo alimento possui propriedades nutricionais importantes para o consumo humano. Tão importante quanto saber as diferenças entre carne branca e carne vermelha, é entender que o equilíbrio é fundamental para uma dieta saudável.

Mais do que apenas a cor, a carne branca e carne vermelha possuem algumas importantes diferenças em questões nutricionais.

O consumo de carnes brancas é menos calórico e menos gorduroso, por isso popularmente elas são tidas como mais saudáveis. Por trazerem menos impactos calóricos e de gordura, as carnes brancas podem ser consumidas com uma frequência maior.

Mas a carne vermelha também tem uma importante presença nutricional. O ideal é consumir opções menos gordurosas, como cortes mais magros. Maminha, coxão mole e patinho são boas pedidas para quem busca por carnes vermelhas mais saudáveis.

A Organização Mundial da Saúde enxerga ambos os tipos de carne como boas fontes de proteína. O ideal é o consumo entre 100 e 150 gramas por cada refeição, sempre equilibrando com outros alimentos que contenham carboidratos e gorduras.

Na dúvida sobre a quantidade ideal de carne vermelha e carne branca, é sempre recomendado buscar por uma orientação nutricional. Descubra seus hábitos alimentares ideais com a ajuda do Chat Nutri : clique aqui e descubra como conversar com nossos nutricionistas para receber dicas de alimentação!

Quais as vantagens da carne branca?

Por serem mais leves, é comum que carnes brancas sejam menos gordurosas e menos calóricas, sendo altamente indicadas para o consumo regular e até mesmo em dietas para perda de peso.

Estando sujeitas à variação dependendo do tipo de carne e de corte, algumas das principais vantagens da carne branca são:

  • Menos calorias;
  • Menos gordura;
  • Rica em ômega 6;
  • Rica em ômega 3;
  • Pode ajudar a reduzir os riscos de infarto e de AVC.

Quais as vantagens da carne vermelha?

Importante fonte de proteínas para construção muscular, a carne vermelha traz benefícios ao corpo e componentes potentes para fortalecer todo o nosso corpo. Algumas das principais vantagens da carne vermelha são:

  • Rica em proteínas;
  • Presença de l-carnitina;
  • Fonte de creatina;
  • Vitamina B12;
  • Zinco;
  • Ferro.

Carne branca é mais saudável que a vermelha?

Como já mencionado, entre a carne vermelha e a carne branca não existe uma determinação sobre qual é a melhor, já que cada tipo de alimento tem suas propriedades nutricionais e vantagens para o consumo humano.

As carnes brancas possuem vantagens quanto ao controle do consumo de gordura em relação às carnes vermelhas. Essa opção também conta com a vantagem da melhor digestão.

O consumo excessivo de carne vermelha pode ser prejudicial à saúde pelo risco de acúmulo de gordura no fígado e em artérias, além de estar relacionada com a maior incidência de gordura visceral.

Mas as carnes vermelhas também contam com importantes vantagens. Na pirâmide alimentar, por exemplo, elas são responsáveis por grande parte do consumo de vitaminas e minerais importantes para o funcionamento do organismo.

Como consumir carne vermelha de uma forma saudável?

Assim como a carne branca, o consumo de carne vermelha é recomendado dentro de uma dieta saudável e equilibrada. Com algumas estratégias, é possível aproveitar os benefícios da carne vermelha de uma maneira vantajosa ao organismo dentro do contexto certo de alimentação.

Quantidade ideal

O recomendado é o consumo de até 500 gramas, já cozidas, dessa proteína de fonte animal por semana.

Cuidado com a preparação

Para evitar doenças e melhorar a qualidade nutricional da sua carne vermelha, prefira formas de preparo mais saudáveis.

Assados, cozidos, ensopados e grelhados costumam ser as melhores opções para uma cozinha mais saudável.

Não se esqueça dos acompanhamentos

O equilíbrio é a base para uma dieta saudável. Na hora de escolher a sua fonte de proteína animal, não se esqueça de inserir verduras, legumes e fontes de carboidratos para um prato ainda mais nutritivo.

Opte por versões menos gordurosas

Existem versões de carnes vermelhas menos gordurosas e mais magras. Patinho, coxão mole são exemplos. Na dúvida, sempre pergunte no seu açougue de confiança qual é o corte mais magro e opte por ele.

Sempre cheque as informações nutricionais

Se optar por comprar qualquer tipo de fonte de proteína animal, congelada e industrializada, sempre cheque as informações nutricionais e compare os produtos.

O excesso de sódio e de aditivos pode ser prejudicial até mesmo nas carnes brancas, por isso, fique sempre atento ao rótulo.

Não tenha medo de consumir carne vermelha

A carne vermelha pode fazer parte de uma dieta equilibrada, desde que consumida com moderação e cuidado, variando com outros tipos de alimentos proteicos (desde carne vermelha até leguminosas).

Ambas as carnes vermelha e branca são ótimas fontes de proteína e desempenham uma importante função na alimentação humana. A carne branca conta com menos calorias e é uma boa fonte de gordura mais magra, enquanto a carne vermelha é fundamental para a absorção de vitaminas e minerais.

O importante é saber escolher de forma balanceada o consumo de carne vermelha e carne branca, consumindo sempre a sua proteína animal com outros alimentos nutritivos para compor um prato completo na sua rotina!

Se gostou desse conteúdo e quiser saber mais sobre as proteínas,entenda suas principais diferenças acessando este artigo!

Contribuição de:

Maria Fernanda Burlamaqui Selo Bio Nestlé Criado por Nutricionistas