Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.

Canjica: aprenda tudo sobre esse prato típico das festas juninas

Desde sua história até receitas, aqui você encontra tudo que precisa saber sobre essa iguaria característica das nossas queridas festas juninas.

PUBLICADO: 02/06/2021

Dançar a amada – ou temida – quadrilha é um ponto fundamental das festas juninas, mas, sejamos sinceros: são os pratos típicos que tornam esses momentos muito mais gostosos. Quem não fica ansioso para chegar junho e se esbaldar no arroz doce, no bolo de fubá, na paçoca e, claro, na canjica!

A canjica é uma sobremesa feita de grãos de milho mergulhados em um caldo de leite de coco, leite, canela, cravo e outras especiarias. Com várias receitas e nomes ao redor do Brasil, ela pode ser apreciada de diversas maneiras, seja como prato doce ou salgado, mas sendo sua versão doce a mais cobiçada nas festividades de São João. Para saber mais sobre ela, vem com a gente que esse texto vai te dar várias informações interessantes e receitas de dar água na boca.


História da Canjica

A teoria mais aceita é de que a canjica chegou ao Brasil no período colonial com os africanos escravizados que foram trazidos para cá. A “kanzika” era uma espécie de papa de milho tradicional de várias regiões da África, e por aqui era muito consumida nas senzalas por ser saborosa e barata. Ao longo dos anos, ela ganhou novos ingredientes, como leite de coco, cravo e canela, tornando-se uma iguaria diferente e nacional.

Mas há outras teorias. Alguns dizem que essa delícia pode ter se originado na Ásia e mesmo no Brasil, com os índios tupinambás, que também possuíam a tradição de consumir mingaus e papas de milho.

Ah, vale deixar aqui um lembrete: “canjica” é o nome dado tanto ao tipo de milho usado no doce como ao doce em si.


Canjica na Festa Junina

As nossas tradicionais festas juninas foram trazidas para o Brasil pelos portugueses, para celebrar os santos do mês de junho: São João Batista, São Pedro e Santo Antônio. Porém, na Europa, o mês de junho sempre foi festivo, por marcar a transição entre a primavera e o verão e porque era época em que, antes do cristianismo, as pessoas pediam aos deuses por uma boa colheita. Bem diferente e menos gostosa, não acha?

No Brasil, fizemos com a festa junina o que sabemos fazer de melhor: abrasileirar e melhorar tradições estrangeiras. Para isso, foram acrescentados diversos elementos nacionais. Entre as inovações estão a decoração, com balõezinhos e bandeirinhas; as brincadeiras, como a pescaria e as argolas; músicas e danças, como o forró e a quadrilha; o figurino, com roupas caipiras e coloridas; e, é claro, as comidas típicas, sendo o milho o ingrediente principal de diversos pratos, como Bolo de Milho do Arraiá, Curau de Milho e a amada Canjica.


Canjica x Mungunzá

Dependendo da região do país, esse doce de grãos de milho com leite de coco e outros ingredientes pode ter diferentes nomes. Nas Regiões Sudeste, Sul e Centro-Oeste, ele é chamado de canjica, mas no Norte e Nordeste, esse mesmo alimento é conhecido como mungunzá.

Para complicar ainda mais, no Nordeste, o doce conhecido como “curau” no restante do país – feito de creme de milho-verde, leite de coco e outras especiarias –, é chamado de canjica.

Além de todos esses nomes, esse mingau adocicado de milho com coco também pode ser chamado de canjiquinha, papa de milho, coral e até de jimbelê dependendo do estado. Dá para ver que o brasileiro é muito criativo na hora de nomear suas comidas.

Seja qual for o nome, essa iguaria é muito apetitosa e requisitada em todo Brasil. Então, antes de preparar ou comprar uma canjica para uma pessoa querida, tenha certeza do doce que ela está esperando.


Benefícios da Canjica

Além de deliciosa, a canjica é benéfica para a nossa saúde. Se você quer mais motivos para fazer esse quitute – além do seu sabor maravilhoso –, aqui estão algumas de suas vantagens:

  • É rica em fibras, que melhoram o trânsito intestinal;
  • É rica em ácido fólico, que contribui para o bom funcionamento do organismo;
  • Possui vitaminas do complexo B, responsáveis por diversos processos importantes no nosso corpo, como funcionamento do sistema nervoso e metabolismo de proteínas, açúcares e gorduras;

Então na hora de escolher uma sobremesa, lembre que a canjica é uma opção saborosa e saudável, que completa diversas refeições com chave de ouro.


Receitas de Canjica

Se toda essa conversa sobre canjica te deu fome, aqui estão algumas receitas para se esbaldar com a iguaria:

Canjica (Mungunzá) de Nesfit Bebida de Coco

Canjica (Mungunzá) de Nesfit Bebida de Coco


Canjica Amarela Incrementada

Canjica Amarela Incrementada


Canjica Nordestina

Canjica Nordestina


Canjica Cremosa e Docinho Cremoso de Jerimum

Canjica Cremosa e Docinho Cremoso de Jerimum


Mungunzá

Mungunzá

Você encontra muito mais opções de comidas típicas de festas juninas e de outras datas no Receitas Nestlé, então não deixe de conferir nosso site e aventurar-se na cozinha.


Perguntas frequentes

  • Existe canjica salgada?

    Para quem conhece só sua versão doce, pode parecer estranho, mas existem sim pratos salgados com o grão da canjica. Dois ótimos exemplos são a Canjica Salgada com Legumes e o Mungunzá Salgado.

  • Qual é a diferença entre canjica amarela e branca?

    A diferença está nos tipos de grãos de canjica utilizados na preparação do doce. Ele pode ser feito com milho branco, mais tradicional, ou amarelo, que tem um sabor mais acentuado.

  • A canjica é brasileira?

    Apesar de ser tradicional das nossas amadas festas juninas, a canjica tem origem africana. Mas, como sempre, nós abrasileiramos a receita original e criamos esse tão distinto doce, que leva leite de coco e especiarias.

  • Do que é feita a canjica?

    Ela é preparada a partir de grãos de milho, brancos ou amarelos, mergulhados em um caldo de leite, leite de coco, canela, cravo e outras especiarias.


Fontes:

https://areademulher.r7.com/curiosidades/canjica/

http://vanillecafecolonial.com.br/curiosidades-sobre-a-canjica/

https://revistavegetarianos.com.br/noticias/canjica/

https://vivaassim.com.br/alimentacao/epoca-de-festa-junina-veja-os-beneficios-da-canjica

https://www.saladices.com.br/alimentacao-saudavel/especial-festas-juninas-conheca-os-beneficios-da-canjica-e-da-canela/

https://blog.nunesegrossi.com.br/festas-juninas/

http://blog.saude.mg.gov.br/2017/06/02/saudenacozinha-conheca-os-beneficios-da-canjica-para-a-alimentacao/

https://www.todamateria.com.br/festas-juninas/

https://brasilescola.uol.com.br/detalhes-festa-junina/origem-festa-junina.htm

https://www.estudokids.com.br/origem-dos-nomes-curau-e-canjica-para-o-mesmo-prato-junino/