Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.

12 receitas com sardinha em lata para diversificar suas refeições

Dê uma incrementada nas receitas usando esse peixe facilmente encontrado em qualquer supermercado do país

Peixe extremamente popular no Brasil, as sardinhas receberam este nome por conta da região da Sardenha, na Itália, já que esse pequeno animal marinho era encontrado de maneira abundante por lá. O costume de comê-las enlatadas em conserva se popularizou principalmente por conta de sua alta perecibilidade – ou seja, ela estraga rapidamente caso não seja preservada em uma salmoura ou em molhos.

Antes de contarmos as receitas deliciosas que você pode fazer com sardinhas em lata no conforto da sua casa, o site Receitas Nestlé apresenta alguns nutrientes contidos nesse peixe popular e gostoso.

Propriedades da sardinha

A sardinha é rica em ômega-3, uma espécie de ácido graxo que combate doenças do coração e também ajuda a evitar processos inflamatórios no nosso organismo de maneira geral. Os ácidos graxos baixam a pressão arterial e ajudam a diminuir a incidência de coágulos na corrente sanguínea. Alimentos ricos em ômega-3 são altamente recomendados para quem já teve algum episódio cardíaco no passado.

Outros nutrientes facilmente encontrados nas sardinhas é a vitamina B12, responsável por repor suas energias diariamente, e a vitamina D, complementando a produção desencadeada pela exposição à luz solar. A vitamina D é responsável pela boa formação e manutenção da nossa estrutura óssea.

Falando na saúde dos ossos, a sardinha também é uma ótima fonte de cálcio, sendo uma opção muito boa para quem não pode tomar leite por conta da intolerância à lactose. Outros minerais encontrados na sardinha são niacina, fósforo, zinco, ferro, potássio e magnésio.

Para finalizar, assim como qualquer carne, a sardinha também é fonte de proteínas, substância essencial para melhorar nossos ossos e músculos, além de estimular a produção de anticorpos e reforçar as defesas de nossos corpos contra doenças.

12 receitas com sardinha em lata

Gostou de saber dos benefícios da sardinha? Que tal conferir agora deliciosas receitas com ela? Todas elas estão aqui no Receitas Nestlé e ganham nosso selo de aprovação. Preparados?

1. Cuscuz do Arraial

Uma receita com sardinha em lata bem completa, para servir no arraial, no almoço de domingo e praticamente em toda ocasião.

Ingredientes

  • meia xícara (chá) de óleo
  • 2 cebolas raladas
  • 10 tomates (8 sem pele e sem sementes, picados; e 2 em rodelas)
  • 2 pimentões verdes cortados em cubos pequenos
  • 2 colheres (sopa) de suco de limão
  • 1 vidro de palmito
  • 3 ovos cozidos
  • 2 latas de filé de sardinha
  • 1 lata de ervilha em conserva
  • 4 colheres (sopa) de salsa picada
  • 1 pimenta vermelha picada (ou molho de pimenta)
  • 4 tabletes de MAGGI® Caldo Galinha
  • 4 xícaras (chá) de água fervente
  • 4 xícaras (chá) de farinha de milho
  • 2 colheres (sopa) de farinha de mandioca crua

Modo de preparo

1. Em uma panela, aqueça o óleo e refogue a cebola.
2. Junte os tomates picados (reserve os da decoração), os pimentões e refogue.
3. Forre o fundo e as laterais de uma fôrma (com furo central) com rodelas de parte do palmito, rodelas dos tomates reservados e dos ovos, e com alguns filés de sardinha.
4. Junte ao refogado o restante do palmito picado e dos filés de sardinha, a ervilha escorrida, a salsa e a pimenta.
5. Acrescente os tabletes de Caldo MAGGI à água fervente e mexa até que se dissolva.
6. Misture a farinha de milho e a de mandioca e polvilhe sobre o refogado, aos poucos, mexendo bem até incorporar completamente.
7. Distribua a massa na fôrma preparada, apertando ligeiramente. Vire o cuscuz sobre um prato e sirva.

Confira a seguir outras receitas deliciosas que levam sardinha:

Patê de Sardinha

1. Sardela: Esta é uma receita clássica italiana, que serve de acompanhamento tanto para pães como massas de maneira geral. A sardela consiste basicamente na mistura entre pimentão vermelho, sardinha, filés de anchova e um pouco de pimenta. Nesta receita, dispensamos as anchovas e nos concentramos apenas na sardinha, incrementada com alguns temperos. Um que chama a atenção é a semente de erva-doce, que traz aroma marcante e diferenciado ao prato. Acrescente também molho de tomate para engrossar o caldo e trazer mais cor à sua sardela.
2. Cuscuz à Paulista: Prato tradicional do sudeste, o cuscuz paulista é fonte de muitos nutrientes por conta dos inúmeros ingredientes que leva – entre eles o ovo, farinha de milho, palmito, tomates, ervilha, e, claro, a sardinha. Nesta receita, sugerimos acrescentar outros peixes à mistura para potencializar o sabor, a exemplo de garoupa, tainha ou cação, além de uma xícara de camarões pequenos. É uma receita para comer com a família toda.
3. Patê de Sardinha: Bolachas, pães e canapés podem ser consumidos com este delicioso patê de sardinha. Misture creme de leite e maionese para conseguir a consistência adequada. O truque no tempero é colocar um pouco de cebola, cenoura e cheiro-verde.
4. Sardinha Grelhada com Ervas: Quer fazer um jantar focado em proteínas e não sabe muito bem o que fazer? Esse prato de sardinha grelhada é uma ótima pedida. Dá para comprar a sardinha em lata tradicional, apenas com óleo em conserva, e temperar a gosto. Aqui, sugerimos um tempero com ervas, usando salsa, cebolinha-verde e coentro. Uma delícia!
5. Cuscuz de Sardinha: Essa receita se assemelha ao cuscuz paulista, utilizando bastante ovo cozido e azeitonas, mas o foco na proteína é todo na sardinha mesmo. Outro toque especial é utilizar o purê de tomate para deixar a sardinha bem suculenta.
6. Macarrão com Sardinha: Mais uma combinação que provavelmente todo brasileiro já fez na vida. É um prato muito simples e barato, mas que sacia a fome e está repleto dos nutrientes que a sardinha contém. O toque especial é caprichar no tempero, que leva alho, salsa, pimenta-do-reino e MAGGI® Fondor.
7. Sardinha Frita: Que tal umas sardinhas empanadas? Aqui, nós damos duas opções de farinha para o empanamento: de trigo ou de milho. Como tempero, suco de três limões, quatro dentes de alho amassados e MAGGI® Fondor.
8. Sardinha Escabeche: O escabeche é um modo de preparo oriundo da cultura muçulmana, criada no período da ocupação dos muçulmanos na Península Ibérica durante a Idade Média. Servia não apenas como molho, mas também como método de preservação dos peixes, especialmente a sardinha, que é altamente perecível. O molho é feito com vinagre, azeite, azeitonas pretas, tomate e folhas de louro. Sirva a sardinha acompanhada de pães ou com uma massa, como macarrão.
9. Sardela de Pimentão Amarelo: Lembra da sardela, que ensinamos ali em cima? Na receita original, utiliza-se pimentão vermelho. Que tal aprender a fazer uma variação com pimentão amarelo e trazer uma cor diferente para sua mesa? Acrescente pimenta calabresa caso você queira uma dose extra de picância à receita.
10. Cuscuz à Paulista Nutren Senior: Com nutrientes essenciais para a manutenção dos ossos e músculos, Nutren Senior é um complemento alimentar para quem possui mais de 50 anos e que pode ser acrescentado a esta receita de porção individual do cuscuz à paulista. Alie sabor à nutrição adequada para suas necessidades diárias sem complicação.

Torta Praiana

Ingredientes

  • 2 xícaras (chá) de Leite Líquido MOLICO® Total Cálcio
  • 1 tablete de MAGGI® Caldo Carne
  • 3 ovos
  • 1 xícara (chá) de óleo
  • 1 e meia xícara (chá) de farinha de trigo
  • 2 colheres (sopa) de fermento em pó
  • 3 tomates em rodelas
  • 150 g de mussarela fatiada e picada
  • 1 lata pequena de sardinha
  • 1 vidro pequena de palmito em rodelas 300 g
  • meia colher (chá) de MAGGI® Fondor
  • 1 colher (chá) de orégano

Modo de preparo

1. Em um liquidificador, bata o Leite MOLICO, o MAGGI Caldo, os ovos e o óleo.
2. Junte aos poucos a farinha de trigo e por último o fermento em pó. Bata rapidamente e despeje a massa em um recipiente refratário médio untado com manteiga. Depois, coloque sobre a massa os tomates, a mussarela, a sardinha e o palmito.
3. Polvilhe com MAGGI Fondor e orégano.
4. Asse em forno médio alto (200°C), preaquecido por cerca de 50 minutos. Sirva quente ou fria.

Gostou? Você pode conferir o modo de preparo de pratos deliciosos como esses aqui no site Receitas Nestlé, que conta com um acervo de mais de 4 mil receitas, concebidas por profissionais altamente gabaritados – além de espaço para que você apresente suas próprias receitas! Caso ela seja bem-avaliada, ela entra no nosso catálogo também. Não é ótimo?


Perguntas Frequentes

  • Por que a sardinha leva este nome?

    Este peixe de pequeno porte levou este nome por conta de sua alta concentração no mar da Sardenha, ilha da Itália. Vários pratos e formas de preparo do peixe começaram a ser desenvolvidas na região e, assim, o “peixe da Sardenha” começou a se popularizar.

  • Quais os benefícios da sardinha?

    Por conta de sua alta concentração de ácidos graxos como o ômega-3, a sardinha, assim como outros peixes, é recomendada para pessoas com problemas cardíacos. Ela pode ajudar a reduzir a pressão arterial e fazer a manutenção da saúde do coração de maneira geral. Ainda assim, a sardinha precisa estar inserida em uma rotina alimentar regrada e acompanhada por especialistas.

  • Quais nutrientes podem ser encontrados nas sardinhas?

    Além do ômega-3, a sardinha também é rica em proteínas e uma ótima fonte de cálcio, sendo uma opção muito boa para quem não pode tomar leite por conta da intolerância à lactose. Outros minerais encontrados na sardinha são niacina, fósforo, zinco, ferro, potássio e magnésio.

    Referências

    https://www.healthline.com/health/food-nutrition/are-sardines-good-for-you#Nutritional-benefits-of-eating-sardines

    https://www.nutren.com.br/senior

    https://www.navegantes.sc.gov.br/receita-escabeche

pixel