Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.

Bolo de Milho Cremoso com Erva-doce, sem Ovo e sem Farinha

Receita de Bolo de Milho Cremoso com Erva-doce, sem Ovo e sem Farinha delicioso, feito com milho-verde, Leite Líquido NINHO Forti+ Integral, açúcar demerara, manteiga, erva-doce e canela em pó

  • Total: 60min
    Preparação: 10min
    Cozimento: 50min
  • 0 pessoas já marcaram como feita
  • Dificuldade: Fácil
  • Porções: 20

Ingredientes

  • 3 xícaras (chá) de milho-verde debulhado (cerca de 8 espigas)
  • 4 xícaras (chá) de Leite Líquido NINHO® Forti+ Integral
  • meia xícara (chá) de açúcar demerara
  • 2 colheres (sopa) de manteiga
  • meia colher (chá) de erva-doce
  • canela em pó para polvilhar

Modo de preparo

Em um liquidificador, bata bem todos os ingredientes, até que não fique nenhum grumo.

Despeje a massa em uma forma média (30 x 20 cm) untada com manteiga e polvilhada com fubá.

Leve ao forno médio (180°C), preaquecido, por cerca de 50 minutos.

Polvilhe com a canela em pó no momento de servir.

Utensílios

  • Utensilio Forno
  • Utensilio Refratário
  • Utensilio Liquidificador

Dica

- Você pode substituir o milho em espiga por milho congelado.
Marcar como já feita

Maravilha!
Continue cozinhando com Receitas Nestlé! Esta receita foi adicionada à sua lista de receitas cozinhadas.

pixel

Bolo de Milho Cremoso com Erva-doce, sem Ovo e sem Farinha combina com...

Uma boa xícara de café e uma ótima companhia. No fim da tarde ou até no café da manhã, essa receita está associada com aquela pausa que alivia o peso do dia. Ele cai bem com café, com suco gelado, com um chazinho. A verdade é que é difícil errar a combinação quando a receita é boa! É um sabor de infância, de casa de avó e, claro, festa junina, onde ele não costuma faltar. Para saber mais sobre esse clássico da tarde, prepare seu cafezinho e venha com a gente!


Tudo sobre a receita de Bolo de Milho Cremoso com Erva-doce, sem Ovo e sem Farinha

Origem, história e curiosidades

Existem bolos de milho para todos os gostos: mais cremoso, mais sequinho, com ou sem erva doce, com ou sem leite condensado. Existe até esta receita, que não leva ovos nem farinha, mas que não perde o sabor. É receita que não acaba mais. Mas qual foi a primeira?

Se pudéssemos escolher a receita “mãe” dos bolos de milho, teríamos que apontar o manauê ou manuê (e há ainda outros nomes menos conhecidos, como mangues, managão e manáveis). Feito de milho ou mandioca, não há uma versão definitiva sobre sua origem. Há quem o aponte como uma iguaria indígena; outros já falam que foram os africanos em terras brasileiras que o criaram a partir de receitas indígenas semelhantes, como o beiju.

O manuê é um bolo denso, pesado, que serve para encher a barriga, enganar a fome. Com o passar do tempo, a receita foi ganhando outros ingredientes, como ovo, açúcar, leite e erva doce. A criatividade para incrementar as receitas queridas parece não ter limites.

Já a ligação do bolo de milho – e de outras receitas com o grão – com as festas juninas remete a tradições europeias. Lá, era nesta época do ano que os agricultores celebravam as suas colheitas. No caso dos portugueses, estamos falando do trigo; porém, o Brasil não tinha a cultura de produzir este grão em grandes quantidades. No lugar do trigo, então, veio o milho, que é quem dá o tom nas receitas de festas juninas. Além do próprio bolo de milho, temos a canjica, a pamonha, o curau e até a boa e velha pipoca.


Variações da receita


Dicas especiais e complementares

Nem solado, nem murcho
Você já escolheu sua receita e se animou para fazer um bolo de milho. Ótimo! Mas como a gente não deixa você na mão, aqui vão algumas dicas para que o seu bolo não fique nem solado nem murcho:

  • Os ingredientes sempre devem ser pesados/medidos, para que estejam na proporção correta;
  • Os ovos e as gorduras sempre devem estar à temperatura ambiente, pois assim incorporam mais ar dando estrutura e leveza a massa;
  • Os ingredientes secos devem ser peneirados, para ficarem mais finos e serem distribuídos de forma mais uniforme;
  • As assadeiras sempre devem ser untadas (com manteiga ou óleo) e polvilhadas (farinha de trigo, amido de milho, fécula de batata, chocolate em pó etc).
  • É importante usar sempre formas do tamanho indicado na receita. Se a forma for muito pequena, a massa vai crescer sem ter assado por completo; se for maior, o bolo vai ficar fininho demais;
  • O forno precisa estar pré-aquecido, por pelo menos 10 minutos, na temperatura indicada;
  • Não abrir o forno antes da primeira metade do tempo total de cozimento. A diferença de temperatura faz o bolo murchar;
  • Para saber se o bolo já está assado (depois da metade do tempo), é só espetar um palito na parte mais alta e central da massa: se o palito sair limpo, é sinal de que o bolo está assado;
  • Mesmo depois de assado, é bom deixar o bolo dentro do forno desligado, com a tampa semi-aberta para esfriar aos poucos;
  • Quando o bolo estiver morno, pode ser desenformado.

Dúvidas comuns sobre Bolo Cremoso de Milho com Erva-doce, sem Ovo e sem Farinha

  • 1. Qual melhor cobertura para Bolo de Milho?

    Uma boa calda de goiabada caseira firme, ou então apenas açúcar de confeiteiro polvilhado. Aqui a criatividade que manda, então caso você queira inovar e fazer um brigadeiro branco saborizado, também é possível, bastando que deixe a consistência mais mole para usar como calda.

  • 2. Porque meu Bolo de Milho não cresce ou murcha?

    Isso muito provavelmente ocorre por conta de como seu bolo de milho foi assado. Forno alto demais não garante estrutura interna e ele pode murchar; já o forno baixo demais faz com que o bolo não cresça. O ideal é deixar o bolo em temperatura constante e o forno precisa ser pré-aquecido a 180ºC. Além disso, após o tempo correto de forno, deixe que ele termine de assar com o forno desligado para não correr o risco de murchar.

  • 3. Porque meu Bolo de Milho ficou amargo?

    Isso pode acontecer por conta do milho utilizado, muito milho pode deixar o bolo amargo, especialmente pela qualidade do milho enlatado. O ideal é seguir a receita e, se preferir, pode aumentar levemente a quantidade de açúcar na receita.

  • 4. Posso congelar Bolo de Milho?

    O Bolo de Milho pode ser congelado, desde que bem embalado, por até 3 meses.

  • 5. Qual a quantidade de milho em lata devo usar?

    Para substituir as espigas em sua receita de Bolo de Milho, você deve usar 2 latas de milho enlatado, de 200g cada uma. Ou seja, 400g de milho enlatado.

  • 6. Qual é o melhor momento para desenformar o bolo?

    Quando ele ficar morno. Este é o melhor momento para desenformar.

  • 7. Bolo de milho cremoso com erva doce combina com o quê?

    Uma boa xícara de café ou chá, ou até mesmo um copo de suco bem refrescante.