Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.

Pastel: 15 receitas para o pastel de feira perfeito

Conheça os segredos da massa de pastel caseiro, como não errar no preparo e receitas deliciosas de recheios!

O pastel é uma verdadeira paixão nacional: como petisco ou prato principal, ele cai bem em qualquer ocasião.

A massa crocante e sequinha combina com qualquer recheio e pode levar milhares de acompanhamentos, inclusive o famoso caldo de cana. E por que não ter essa delícia no conforto de sua casa?

Apesar de fácil e rápida, a receita de pastel caseiro guarda alguns truques para ficar perfeita. Por isso, separamos tudo que você precisa saber antes de botar a mão na massa e, com essas dicas, até o pastel de vento ficará delicioso. Confira!


Pastel: origem e curiosidades

Salgado ou doce, frito ou assado: independente da forma como se apresenta, o pastel é a cara do Brasil. Entretanto, sua origem é incerta, sendo que alguns a atribuem à Europa durante a Idade Média. No fim desse período é que a ideia de fritar o pastel teria surgido na região da Península Ibérica, e a receita brasileira seria uma versão das massas recheadas que eram antes levadas ao forno.

Outra possibilidade é a origem asiática: os tradicionais Rolinho Primavera (harumaki) da culinária chinesa e o gyosa japonês seriam os ancestrais dessa receita deliciosa. Os imigrantes teriam adaptado ambos os pratos com os ingredientes disponíveis aqui, ganhando o coração de todo país.


Como fazer massa de pastel

Ingredientes

  • 3 xícaras de farinha de trigo
  • 1 colher (sopa) de sal
  • 2 xícaras (chá) de água (480 ml)
  • 2 colheres (sopa) de óleo
  • 1 dose de cachaça (50 ml)

Modo de preparo

1. Em uma superfície limpa, coloque a farinha e misture bem com o sal.
2. Abra um buraco no meio da farinha e jogue, aos poucos, a água, incorporando-a à farinha com as mãos. Adicione o óleo e misture.
3. Acrescente a cachaça e continue misturando bem a massa. Sove a massa em uma superfície lisa, polvilhada de farinha, até que fique homogênea e pare de grudar nas mãos.
4. Deixe a massa descansar por cerca de 15 minutos, coberta com pano úmido ou plástico filme.
5. Abra a massa com o auxílio de um rolo até a espessura mais fina que conseguir, sem que a massa quebre.
6. Corte a massa já aberta usando uma faca com até 30 cm de altura e 10 cm de largura, para ficar do tamanho de um pastel de feira.
7. Recheie a massa com o recheio da sua preferência, ocupando no máximo metade do espaço. Dobre a massa e feche as bordas com a ajuda de um garfo.
8. Em uma panela, aqueça o óleo e frite os pastéis em fogo médio. Quando estiver dourado, coloque-os sobre papel toalha para tirar o excesso de gordura e reserve-os em local aquecido. Sirva.


Receitas de pastel

Agora que você já sabe os segredos para a massa de pastel, é hora de colocar o que aprendeu em prática com essas 15 receitas deliciosas que separamos para te inspirar na cozinha:

Pastel de Cebola

1. Pastel Assado de Escarola: em uma versão diferente do famoso pastel assado, essa receita leva escarola, carne moída e azeitonas verdes.
2. Pastelzinho de Forno: uma proposta de petisco é essa versão de pastel assado com recheio de palmito. Você pode inovar nos temperos, para deixá-lo ainda mais gostoso.
3. Pastel de Forno Bem Brasileiro: o recheio de carne moída, ovos, tomate e azeitonas já é figurinha registrada brasileira. A junção de sabores é o segredo dessa receita!
4. Pastel de Vatapá com Molho de Pimenta-biquinho: essa receita é uma explosão de sabores. O vatapá combinado com a pimenta biquinho dão uma cara nova ao prato.
5. Pastel de Angu: um dos pratos brasileiros mais típicos, o angu é fácil de fazer e fica uma delícia depois de frito.
6. Pastel de Cebola: para essa versão diferenciada de pastel, o segredo é refogar bem a cebola.
7. Pastel Caipira: essa receita traz uma opção à massa tradicional, com fubá e polvilho doce para dar consistência.
8. Pastelão Delícia: outra ideia para servir toda a família é essa receita com linguiça calabresa, que rende 8 porções.
9. Falso Pastel de Forno Delicioso: para quem não é fã de frituras ou busca uma opção menos gordurosa, temos esse delicioso pastel de forno com frango, mandioca, linhaça e peito de peru.
10. Falso Pastel de Forno Sem Glúten: outra ótima opção é esse pastel assado sem glúten, com massa de frango cozido, mandioca e farinha de linhaça.
11. Pastelzinho de Goiabada: o pastel já é tradição brasileira, mas muitos ainda não o provaram como sobremesa. Essa receita com goiabada é super delicada, ideal para festinhas.
12. Pasteizinhos Assados de Frango com Milho: uma das receitas mais tradicionais, a combinação de frango com milho deixa o pastel assado ainda mais saboroso.
13. Pastel de Forno Integral com Recheio Cremoso de Cogumelos: essa opção traz o recheio cremoso, sem perder a textura característica do pastel de forno.
14. Pastéis Doces Divertidos: esse pastel de leite ninho veio para agradar quem ama sobremesas deliciosas e práticas de fazer.
15. Pasteizinhos Doces: é quase impossível resistir a essa receita de pastel de chocolate com toque de canela.


Segredos para a massa de pastel caseiro

Preparo

Uma dica que muitos esquecem é a adição de cachaça, cujas propriedades permitem que a massa fique ainda mais consistente. Resumidamente, o álcool impede a absorção em excesso da gordura do óleo, o que, consequentemente, deixa a receita mais crocante.

O ponto da massa

Na cozinha, tudo é questão de paciência e um dos maiores erros é sovar a massa demais (ou de menos). Além disso, muita gente já abre-a logo após sovar. Por isso, lembre-se: todo cuidado é pouco. Deixe a massa descansar por, no mínimo, 15 minutos: esse é o primeiro passo para uma receita crocante, que não vai murchar.

Espessura

A espessura é outro ponto que merece atenção: um pastel grosso demais demora a fritar e, quase sempre, acaba ficando cru, enquanto um fino demais pode se partir durante a fritura. Sendo assim, abra bem a massa, mas não deixe-a ficar transparente. Você consegue esse efeito após o período de descanso, que a deixa com mais elasticidade. Mas tenha em mente que, dependendo do recheio escolhido – como, por exemplo, uma carne especial com ovo –, será necessária uma espessura mais grossa.

Montagem

Na hora da montagem, é importante levar em consideração alguns pontos: evite recheios congelados, quentes, com muita gordura ou muito líquidos. Além disso, é bom colocar o recheio apenas um pouco antes de fritar, para evitar que a massa absorva a gordura e a umidade do recheio. Procure não exagerar na quantidade de recheio e não se esqueça de umedecer as bordas da massa com água, pressionando com um garfo, para que ela não abra durante a fritura.


Dicas de como fritar pastel

Um dos detalhes mais importantes da receita de pastel é o momento da fritura. Então, trouxemos algumas dicas que vão te ajudar a fritar pastéis crocantes e sequinhos.

O melhor óleo para fritar pastel

Muita gente fica confusa na hora de escolher o óleo para fritar pastel. O que se deve levar em consideração é a temperatura ideal de fritura, aproximadamente 180°. O ideal é optar por óleos de canola e de algodão, que são mais resistentes à altas temperaturas e não queimam o alimento. Outra dica é não reutilizar esse óleo, pois isso libera substâncias tóxicas.

Como saber o ponto de fritura

Se você não tiver um termômetro culinário, é só colocar um pastel na frigideira e observar o que acontece; quando estiver na temperatura correta, o pastel irá afundar e logo subir. Não coloque com o óleo ainda frio, para que os dois aqueçam juntos, pois isso vai encharcar seu salgado.

O que fazer durante a fritura

Ao mergulhar no óleo quente, não deixe de virar os pastéis várias vezes, com o auxílio da escumadeira. Assim que estiverem dourados e com coloração parelha, está na hora de escorrer. O pulo do gato para o pastel não murchar é fritar na hora do consumo. Com o tempo, ele pode perder a crocância, principalmente se estiver abafado.

Agora é só colocar os pastéis no papel toalha e aproveitar. Para conhecer outras receitas e preparar pratos deliciosos, acesse o site Receitas Nestlé. São milhares de foodlists, vídeos e dicas criadas e testadas para facilitar a sua vida!


Perguntas frequentes

  • Quanto tempo dura a massa de pastel na geladeira?

    No máximo, 5 dias. Provavelmente, seu aspecto mudará, ficando mais escura e úmida. Outra opção é congelar: é só embrulhar a massa pronta ou o pastel pronto, sem fritar, em um plástico filme, e guardar no freezer por até 3 meses.

  • Porque não utilizamos recheios muito úmidos no pastel?

    Os recheios úmidos ou líquidos amolecem a massa e acabam atrapalhando o cozimento.

  • Como se monta pastel?

    Você pode cortar a massa em rodelas ou quadrados. Depois, coloque uma quantia de recheio que dê espaço para fechar. Então, é só cobrir com outra massa e apertar as pontas com o garfo.

Fontes:

https://super.abril.com.br/mundo-estranho/qual-e-a-origem-do-pastel/

https://guiadopastel.com.br/qual-o-segredo-para-o-pastel-nao-murchar/

pixel

Quer baixar ebooks exclusivos com deliciosas receitas?